Blog

Questão de Pele
29 junho 2016 The Skin

QUEDA DE CABELOS: A QUEIXA CAMPEÃ DA QUARENTENA

A perda acentuada dos fios foi uma das queixas mais recorrentes na quarentena. O problema pode, sim, ser causado por estresse, mas também pode ter origem genética ou ser desencadeado por outros fatores, como dietas muito restritivas, uso regular de certos medicamentos, distúrbios da tireoide, doenças febris, anemia, alterações hormonais bruscas como no pós-parto e menopausa, procedimentos cirúrgicos e doenças sistêmicas. Por isso, merece uma investigação médica criteriosa.

A abordagem precoce é fundamental, pois evitará o afinamento e a atrofia do folículo piloso. Então, o primeiro passo ao se notar os sintomas é procurar um dermatologista. Em consultório, podemos contar com a ajuda da tricoscopia e nos valer também de exames avançados de imagem, que são hoje aliados fundamentais em nossa prática diária.

Acabamos de receber um novo software, o HairMatrix, que, através da inteligência artificial, mensura o diâmetro dos fios em diferentes áreas do couro cabeludo, avalia a densidade dos folículos pilosos, a distância entre eles e a pele do couro cabeludo. O especialista estuda as imagens clínicas captadas para identificar o problema e prescrever o melhor protocolo de tratamento, caso a caso. De tempos em tempos, as fotos são repetidas e é possível comparar o ‘antes e depois’, com percepção nítida de melhora da queda.

Uma vez feito o diagnóstico, gostamos muito de associar os tratamentos domiciliares com os procedimentos em consultório. Os lasers de baixa intensidade, os lasers fracionados, o LED e o microagulhamento robótico são muito interessantes e, em sinergia com o drug delivery, potencializam a ação de ativos importantes para frear a queda dos fios. A escolha dessas substâncias também é feita de forma personalizada, já que os circuitos e protocolos são desenvolvidos de acordo com as necessidades de cada paciente.

Uma coisa é fato: quem sofre de queda de cabelos, tem pressa por resultados. Esses procedimentos estimulam de forma intensa o bulbo capilar, induzindo a liberação de substâncias, como os fatores de crescimento, com estímulo de vias sinalizadoras importantes, que promovem o repovoamento dos fios na área tratada.

admin